POLÍTICA

Comunidade inicia construção de muro de escola, mas espera que a Prefeitura possa concluir

Cansados de esperar pela iniciativa do Poder Público municipal, moradores da Comunidade Garrafão, zona rural de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará resolveram mostrar que a comunidade também faz muito pela Educação e iniciaram na manhã da última quinta-feira, 04 em forma de mutirão a construção do muro da Escola Municipal Frei Rogério.

A escola que foi construída no ano de 2001, época em que a região era administrada por Santarém, ainda não recebeu nenhum tipo de reparo ou adequação por parte do novo município instalado a 05 anos, mas mesmo assim segue atendendo seis escolas anexas num total de 301 estudantes, sendo 159 só no polo, onde funciona da Educação Infantil ao Nono Ano. O polo Frei Rogério responde também por 42 funcionários.

De acordo com Luiz Francisco morador da Comunidade e presente no mutirão o desejo de ver a escola murada vem de alguns anos, devido a mesma ter apenas um cercado de madeira e parte já não está mais evitando a entrada de animais e nem a saída dos estudantes, principalmente para uma área de mata próxima.

“Precisamos que nossa Prefeitura olhe com mais carinho para nossa comunidade, principalmente para nossa escola, pois tempos atrás requeremos da Prefeitura material para a construção, pois nós íamos fazer o trabalho, mas nunca chegou, então pedimos que venham fazer alguma coisa, que não deixem pra fazer quando a escola começar a cair, como aconteceu com a ponte”, desabafou o comunitário.

Os comunitários se reuniram fizeram coletas e promoções para conseguirem o material necessário para a obra que inicialmente vai murar a parte da frente que tem pouco mais de 30 metros. O trabalho vai ser em forma de mutirão e contando com a colaboração de outros moradores com alimentação e lanche.

De acordo com Luiz Francisco a expectativa é que a Prefeitura dei continuidade na construção do muro nas laterais e nos fundos para que a escola fique protegida. Para ele, a direção, professores e demais funcionários pela iniciativa o que falta é a comunidade que tem mais de 150 famílias abraçar a causa.

Ao final da entrevista o comunitário cobrou a presença dos vereadores do município para acompanhar as demandas da comunidade e possam cobrar obras na comunidade.

“Esperamos nossos vereadores em nossa comunidade, para ouvirem nossas demandas e poderem nos ajudar, nossa comunidade precisa de ação da Prefeitura”, finalizou o comunitário.

A comunidade Garrafão fica a poucos quilômetros da cidade, na PA 431.

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
http://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.