Política

Comunidades enfrentam dificuldades por falta de estradas e o avanço do agronegócio

Encerrando o período de chuvas e continua a preocupação de moradores de comunidades rurais de Mojuí dos Campos por falta de conservação das estradas. Agricultores familiares passaram o inverno todo enfrentando dificuldades para trazer suas produções aos centros comerciais.

Raimundo Nonato Sousa, O Raimundinho, morador de Palhal do Chaves, mostra sua preocupação pela situação das estradas que ligam sua comunidade a cidade. “Nossos produtores rurais da agricultura familiar estão com dificuldades para trazer seus produtos”, relatou Raimundinho.

A precariedade das estradas afeta até a chegada dos estudantes as escolas, lembrou o morador.

Raimundo Nonato, comunitário de Palhal do Chaves. Foto Elivaldo Silva.

Mojuí dos Campos tem se destacado na região com avanço do agronegócio sobre as comunidades. Comunidades já foram extintas, outras continuam com poucos números de famílias. E essas que ainda restam tentam se manter ao desenfreado avanço da monocultura.

Raimundinho destaca dois problemas que o agronegócio tem deixado a população. O primeiro é a poluição dos igarapés através do uso de agrotóxicos. Esses produtos, utilizados em grande escala, acabam chegando aos mananciais.

“Tudo escorre para o leito dos igarapés, e as consequências como aparecimento alergias tem sido mais presente a cada dia”, alertou Raimundinho.

O agricultor ainda destacou que a precariedade das estradas também se deve a grande circulação de carretas com altas toneladas de grãos.

Estrada do Castanhal, que dá acesso a comunidade Palhal do Chaves, recuperada pela Prefeitura.

A prefeitura local esteve realizando trabalhos de conservação das estradas daquela região no final do mês passado.

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
http://www.mojuinaintegra.com.br