MOJUÍ DOS CAMPOS SAÚDE

Demutran prossegue com operações de fiscalização na cidade e no interior

Fiscais do Demutran realizando blitz no centro da Cidade. Foto: Elivaldo Silva

Desde sua criação, o Departamento Municipal de Trânsito, Rodoviário e Transporte – DEMUTRAN de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará vem estimulando a cultura de respeito e valorização das normas de trânsito para a redução dos acidentes nas ruas, avenidas, rodovias e estradas do município.

E as ações do órgão foram intensificadas a partir da municipalização  do trânsito ocorrida em 23 de agosto deste ano, conforme portaria 379 do DENATRAN  379. As ações de fiscalizações são realizada tanto na zona urbana como nas vias que dão acesso as 130 comunidades rurais.

Antônio Aguiar, Gerente do Departamento relata como tem sido os momentos iniciais dos procedimetos do órgão.

“Estamos iniciando as fiscalizações, desde de agosto que fomos autorizados pelo DENATRAN, a responsabilidade do trânsito no municipio é  de nossa competência, então estamos iniciando esse trabalho, é  um trabalho eduacativo que estamos fazendo, orientando os condutores, mais os casos graves estamos fazendo os procedimentos. Inclusive alguns casos estão sendo encaminhados para delegacia, apresentado o condutor e o veículo, aonde estamos fazendo o trabalho em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil e DEMUTRAN”, destacou Aguiar.

De acordo com Antônio Aguiar as operações em conjunto com os órgãos de segurança vão ser intensificadas para oferecer segurança aos moradores do municipio.

O Departamento já têm organizadas, operações para serem realizadas atté o fim deste ano.

“Como aqui é  um município próximo a Belterra e Santarém, agente sabe que existe infiltração de pessoas de todo jeito no municipio, então queremos combater isso, e no início de dezembro estamos com as operações prontas tando para o dia como para a noite”, finalizou Aguiar.

O Brasil tem o quinto trânsito mais violento do mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), e esse alto índice de acidentes de trânsito apresentam consequências negativas para a economia do País.

Os acidentes graves de trânsito retiraram, nos seis primeiros meses deste ano, quase 40 mil pessoas do mercado de trabalho e reduziram a capacidade produtiva do País. Por dia aproximadamente 217 pessoas deixam seu emprego.

Reportagem: Elivaldo Silva – Mojuí na Íntegra.

Edição: Eduardo Enrique

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
http://www.mojuinaintegra.com.br