POLÍTICA

Mojuí dos Campos deve se transformar em um canteiro de obras no Oeste do Pará

Pela quantidade de promessas de emendas e outros recursos o ano eleitoral vai ser bom para o município

Perto de completar seu quinto de instalação, o município de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará, tem ganhado destaque na região por obras não concluídas do Governo do Estado. E mais uma vez se alegram os mandatários locais é exatamente a quantidade de recursos prometidos para o município como emendas parlamentares de deputados estaduais e federais que devem transformá-lo em um canteiro de obras na região gerando emprego e renda e melhorias para a cidade.

A reforma e ampliação do Unidade Básica de Saúde para se tornar o Hospital Municipal – uma das obras que já rendeu muitas matérias a veículos de comunicação – que se arrasta desde maio de 2014, mas uma vez teve sua data de entrega alterada e agora será no dia 28 de setembro de 2018 deve ser entregue para sua inauguração. A obra está orçada no valor de R$ 1.782.846,06 (Um milhão setecentos e oitenta e dois mil, oitocentos e quarenta e seis reais e seis centavos). No último dia 10 deste mês a obra recebeu a visita da Secretária de Estado Izabela Jatene, Prefeito Jailson Alves, Vereadores, Secretário Municipal de Infra Estrutura Djanilson Walfredo e equipe de Saúde na oportunidade a secretária e filha do Governador garantiu que o repasse a construtora deve ser agilizado e a entrega do novo Hospital a população deve ser antecipada para maio do próximo.

Visita ao Hospital em reforma

Outra obra que deve ser iniciada é a reforma da Escola Estadual Fernando Guilhon, através de um convênio entre município e estado e que deve custar R$ 591.383,00 (Quinhentos e noventa e um mil, trezentos e oitenta e três reais) aos cofres públicos. O processo licitatório já foi autorizado em uma reunião no último dia 10 deste mês com a presença da Secretária Estadual Izabela Jatene, Prefeito Jailson Alves, vereadores Izailton de Sousa, Teté e Marco Antônio e a diretora do educandário Abgail Galúcio e estudantes. Uma quadra poliesportiva iniciada anos atrás se encontra sem conclusão no educandário com apenas as armações em ferro. O valor da obra não é do conhecimento da reportagem.

Nesta terça-feira, 21 em Belém, o prefeito assinou convenio de 03 Quilômetros de asfalto com o Governo do Estado, através do Programa ASFALTO NA CIDADE. O valor do convenio ainda não foi informado, mas tudo indica que as obras de pavimentação de ruas da cidade devem iniciar ainda neste fim de ano. Por outro lado, perto do vencimento da entrega, próximo dia 28 deste, a empresa depois de uma parada retornou o trabalho de capeamento asfáltico da Rua Treze de Maio de travessas entre esta e Rua José Macedo no Centro da Cidade.

Deputado Estadual Júnior Ferrari, Secretária Izabel Jatene, Deputado Estadual Márcio Miranda, Prefeito Jailson Alves, Secretário José Megale e Deputada Estadual Cilene Couto assinando o convenio do Programa Asfalto na Cidade

Já era para ter iniciado o processo de licitação para a construção do prédio da Câmara Municipal. Pelas informações obtidas, as emendas, apesar de acrescidas, para a obra só serão atendidas a partir de março do próximo ano. O valor da obra deve custar R$ 600.000,00 (Seiscentos Mil Reais) em um convênio entre Governo do Estado e Prefeitura.

Outra obra esperada no município é a construção da Sustação Tapajós, que está em discussão e deve ser construída na Comunidade Boa Fé, além da subestação a empresa vai construir o Linhão que ligará Altamira a Santarém. Os mandatários já começaram a discutir com a empresa para que a obra possa gerar emprego e renda ao município.

De acordo com informações Mojuí dos Campos ainda deve receber a construção de uma praça e uma quadra poliesportiva em local a ser definido. Na Praça hoje conhecida como Praça da Prefeitura, existe uma obra que falta concluir, pois segundo informações o local deve abrigar uma academia ao Ar livre fruto de emenda parlamentar de um deputado federal.

Outras obras prometidas para a cidade é a construção de seis micro sistemas de abastecimento de água, que deve vir fruto de emenda parlamentar estadual.

2018 está chegando e as expectativas da população são grandes para que melhorias cheguem em nosso município e que não seja apenas um canteiro de obras, mas uma terra de obras concluídas, dando ao povo desta terra mais orgulho de viver aqui. Uma terra de Retirantes que buscavam e buscam um lugar digno de viver. Que as expectativas de nossos mandatários se transforme em realidade para o bem de nosso povo. Que não sejam apenas promessas para o ano eleitoral que se aproxima.

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
http://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.