Segurança

Mojuí dos Campos registra terceira vítima fatal de acidente de trânsito em 10 dias

Moto que se chocou no meio fio de rua em Mojuí dos Campos. Condutor morreu no local. Foto: redes sociais

O jovem Lucas da Costa Lima, 22 anos foi a terceira vítima fatal de acidente de trânsito em 10 dias em Mojuí dos Campos, Oeste do Pará. O corpo do jovem foi foi sepultado na manhã desta sexta-feira (29) no cemitério da cidade.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Portal Mojuí na Íntegra junto a Polícia Militar do município o caso ocorreu por de 00:45 minutos da última quinta-feira (28).

O acidente ocorreu na Rua Castelo Branco no Centro da cidade.

De acordo com o sargento André comandante do destacamento que atendeu ao chamado, quando chegaram ao local a moto já havia sido retirada dificultando o trabalho da polícia e que segundo informações de populares que presenciaram o fato o jovem condutor estava em alta velocidade e não conseguiu fazer a curva, vindo a colidir com o meio fio da rua.

Nossa reportagem teve contato com a mãe avó da vítima, Neuza Lima, ela relatou que ficou sabendo do ocorrido por volta das 23horas e 30 minutos.

“Por volta das 23 horas e 30 minutos meu genro me avisou que meu filho havia sofrido um acidente e que provavelmente seria levado para Santarém, então eu fui até o local e encontrei meu filho com vida e ficamos à espera da ambulância”, relatou Dona Neuza.

De acordo com a mãe-avó um enfermeiro que mora as proximidades acompanhou tudo e sugeriu, que a família não fizesse o translado da vítima para Santarém. A ambulância da Unidade Básica de Saúde da cidade estava para Santarém prestando atendimento a uma criança.

“Mesmo sem saber o tamanho da lesão, mas se meu filho tivesse tido um atendimento de emergência, talvez poderia ainda estar com vida. Ele não recebeu os primeiros socorros, estou bastante revoltada”, relatou a mãe.

Dona Neuza disse que concordou com a sugestão do enfermeiro devido as burocracias atualmente impostas pela direção do Pronto Socorro de Santarém.

Pelas informações da mãe, o acidente ocorreu por volta de 23 horas e 20 minutos de quarta-feira (27) e Lucas veio a falecer por volta de zero horas e vinte minutos de quinta-feira (29, uma hora a espera da ambulância.

“Precisamos fazer alguma coisa, é lamentável um município desse tamanho, ter apenas uma ambulância”, desabafou Neuza.

Nossa reportagem procurou a Secretária Municipal de Saúde, mas não a encontrou na Secretaria para se pronunciar diante das reclamações de demora para prestar socorro à vítima de acidente.

Com a morte de Lucas, sobe para três, o número de vítimas fatais no trânsito em 10 dias em Mojuí dos Campos.

A primeira vítima foi o menor estudante Nadson Gabriel Ferreira Nascimento, 07 anos, no dia 18 deste mês. Nadson atingido por uma camionete na PA 431 conduzida por João Vitor Alves Aguiar.

A segunda vítima foi o também menor estudante Ítalo Melo Aragão (10 anos) que se chocou com um caminhão pipa que prestava serviço para a Prefeitura de Mojuí dos Campos. O menor morreu no local. Esse acidente ocorreu no cruzamento da Rua Haroldo Veloso com José Macedo no centro da cidade.

Outra morte

Na última quinta-feira (28), por volta do meio dia, foi registrada a morte  de Marcone Siqueira dos Santos, 32 anos. O IML foi acionado para fazer o levantamento da causa morte.

Segundo informações, após o almoço Marcone fazia limpeza de seu terreno, queimando lixos e passou mal, vindo a falecer no local.

Marcone morava com seu pai no bairro Vila Nova e executava serviços de propaganda volante na cidade em uma bicicleta.

Com Informações de Elivaldo Silva

Mojuí na Íntegra
Repórter, Comunicador Popular e Jornalista Cidadão
http://www.mojuinaintegra.com.br