Segurança

Motorista se apresenta a polícia, confirma envolvimento em acidente e é liberado; família das vítimas espera por justiça e Prefeitura declara luto oficial de três dias.

João Vitor Alves Aguiar, compareceu a Polícia em Santarém e confirmou envolvimento e acidente em Mojuí dos Campos, que teve uma vitima fatal. João Vitor estava dirigindo uma S10, quando bateu nos dois menores que caminhavam pelo acostamento da PA

Por volta de 00:53 da madrugada desta terça-feira (19) João Vítor Alves de Aguiar (21 anos) compareceu a Seccional Urbana de Santarém no Oeste do Pará e registrou  envolvimento em um acidente de trânsito ocorrido as 19:00 do dia anterior na PA 431, zona urbana de Mojuí dos Campos.

O acidente levou a morte ainda no local, o menor Nadson Gabriel Nascimento Ferreira de 07 anos e ao atendimento no Pronto Socorro de Santarém a adolescente Nádia Gabriele Nascimento Ferreira de 17 anos.

O acidente ocorreu quando os dois menores caminhavam pelo acostamento da rodovia estadual.

Após a batida João Vitor que é sobrinho do prefeito do município, evadiu-se do local e se apresentou acompanhado do Advogado Raimundo Francisco de Lima Moura, que também é Procurador do Município local.

Nas informações prestadas a autoridade Policial João Vitor, relatou que o casal ao desviar de uma poça d’água as margens da rodovia acabaram entrando na frente do veículo, não conseguindo evitar o choque, como se lê no Boletim de Ocorrência pelo próprio João Vitor.

Boletim de Ocorrência, registrado pelo próprio motorista.

O motorista alegou, que fugiu do local por medo de represálias, mas que rapidamente providenciou o chamamento da ambulância para fazer o resgate das vítimas.

Trecho da PA 431, onde ocorreu o acidente. Foto: Elivaldo Silva

A reportagem do Portal Mojuí na Íntegra, esteve no local do acidente hoje pela manhã e atestou que não existe poça d’água na pista.

Ainda, ontem minutos após o acidente duas testemunhas ouvidas pela reportagem confirmaram que o veículo seguia em alta velocidade e acabou atingindo os menores que caminhavam na lateral da pista.

Ofício do DPC de Mojuí dos Campos solicitando exames ao CPC para João Vítor

O delegado Cleber Pascoal que preside o inquérito, pediu ao CPC a perícia de lesão corporal, dosagem alcoólica e exame toxicológico.

De acordo com o delegado, que recebeu nossa reportagem na manhã desta terça-feira (19) os exames de dosagem alcoólica e toxicológico atestaram que o motorista não havia consumido bebida alcoólica ou outra substancia química.

O delegado informou que foram adotados procedimentos adequados para a situação, considerando que o motorista se apresentou espontaneamente.

“Como ele se apresentou espontaneamente, cai a questão do flagrante. Nós estamos prosseguindo com o inquérito, apurando e confrontando as informações prestadas pelo motorista e pelas testemunhas oculares”, informou o delegado.

Após a apresentação, João Vitor foi liberado. A Polícia Civil deve concluir o inquérito e enviar a justiça e pedir que o mesmo seja responsabilizado.

Nossa reportagem esteve na residência da família das vítimas e conversou com Ivanilto Barros da Silva, tio das vítimas. Ivanilto desabafou com relação a irresponsabilidade de muitos condutores em Mojuí dos Campos

Para o pai de família a cobertura das autoridades contribui para mais casos dessa natureza.

“É uma tristeza, é uma família, uma família se acabando tudo de uma vez e aqui em Mojuí dos Campos, a todo momento estamos sabendo, aconteceu em Mojuí dos Campos uma tragédia, uma morte, Mojuí dos Campos é do tamanho de um bairro de Santarém então falta prefeito, falta policiamento, falta ordem, falta uma pessoa tomar de conta dessa cidade”, desabafou Ivanilto.

João Vitor é sobrinho do prefeito Jailson Alves e para o entrevistado está sendo acobertado diante do ocorrido.

“Tá tendo uma cobertura, tá tendo uma blindagem, dizem que estão fazendo isso, fazendo aquilo, mas não estão fazendo nada. Então autoridades, o que acontece em Mojuí dos Campos é grave, vidas estão sendo tiradas, Mojuí dos Campos precisa de uma administração, principalmente no trânsito, é pessoas levantando os pneus e ninguém faz nada nada e nós queremos justiça, isso não pode ficar impune e é isso que quero falar, eu sou Ivanilto Barros da Silva”.

Nota de Pesar da Prefeitura de Mojuí dos Campos, se solidarizando com a família das vítimas e decretando luto oficial no município por três dias pelo falecimento do estudante Nádson Ferreira

Pela parte da manhã desta terça-feira (19) o prefeito por meio de uma nota de pesar se solidarizou com familiares das vítimas e decretou luto oficial no município por três dias pela perda do estudante Nadson Gabriel Nascimento Ferreira.

O prefeito entrou em contato com o editor pela parte da manhã e informou que esteve desde ontem acompanhando o desenrolar e dando a apoio no Hospital em Santarém.

Pela manhã familiares e amigos se reuniram na residência da família de Nádson para acompanhar o início do velório. Foto: Elvaldo Silva

O corpo de Nadson está sendo velado na residência da família na PA 431, bairro Alto Alegre.

Já Nádia continua aos cuidados médicos no Hospital Municipal de Santarém.

Com Informações de Elivaldo Silva e Arnaldo Santos.

Edição de Eduardo Enrique

Mojuí na Íntegra
Repórter, Comunicador Popular e Jornalista Cidadão
http://www.mojuinaintegra.com.br