POLÍTICA

Prefeitura inaugura Posto de Saúde no Planalto Curuá Una

Prefeitura e comunidades inauguram Posto de Saúde na comunidade Boa Sorte no Planalto Curuá Una. Foto: Elivaldo Silva

Na última sexta-feira (15) a comunidade de Boa Sorte no Planalto Curuá Una, zona rural de Mojuí dos Campos foi agraciada com a entrega do Posto de Saúde.

O Posto de Saúde, de acordo com o prefeito Jailson Alves, foi construído com parte de recursos da compensação social e ambiental (royalties) repassados pela Eletronorte, responsável pela gerência da Hidroelétrica de Curuá Una e contra partida da Prefeitura.

Jailson destacou a importância estratégica do Posto de Saúde para o município, já que atender diretamente 08 comunidades e outras as margens do Lago da Barragem

“É um compromisso antigo e estamos entregando um posto totalmente equipado para atender 08 comunidades diretamente e mais 06 de forma indireta e vai desafogar o atendimento em outras unidades”, enfatizou o prefeito.

O Posto de Saúde de Boa Sorte foi aprovado pelo Conselho Municipal, no primeiro mandato de Jailson Alves.

A Secretária Municipal de Saúde, Adeliane Frota, também destacou a inauguração do Posto de Saúde. Para a secretária o atendimento de saúde aproximado da população se torna importante, para que as famílias e comunidades possam receber atendimento apropriado.

De acordo com a secretária 02 profissionais de saúde vão iniciar os atendimentos e os atendimentos médicos serão de 15 em 15 dias.

“A principio vamos ter dois profissionais de saúde e um vigia, com possibilidade de ampliação da equipe, o atendimento médico a gente vai programar para que haja de 15 em 15 dias e depois vamos programar para ter o acompanhamento dos grupões e o atendimento de apoio”, informou Adeliane.

O líder comunitário Edilson Dias comemorou a entrega do Posto de Saúde. Edilson lembrou que a luta vem de muito tempo e agora as famílias tem muito a ganhar.

“É uma luta de muitos anos, desde Santarém e agora as famílias vão poder ter atendimento digno e muitos vão poder atualizar até suas vacinas, que estão atrasadas”, ressaltou Edilson.

O valor da obra não foi informado.

Reportagem de Elivaldo Silva

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
http://www.mojuinaintegra.com.br