EVENTOS MOJUÍ DOS CAMPOS

Artistas nacionais se apresentam nesta sexta-feira, segunda noite da Festa da Integração Nordestina. Conheça um pouco de cada um.

Espaço preparado e aberto ao público para os grandes shows desta sexta-feira (11). Foto: Página Cras Mojuí

A X Festa da Integração Nordestina, maior evento cultural de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará, em sua segunda noite de programação vai trazer ao público dois artistas de renome nacional. No humor, quem vai se apresentar é o cearense de Fortaleza, Alex Nogueira e na música o rondoniense de Porto Velho, Léo Nascimento. O humor, por meio da contação de piadas faz parte do dia-a-dia do povo cearense, e é tido como forma de encarar a realidade transformando a sua própria lida em risos. A música, sobretudo o forró é presente nas festas juninas e é um modo de celebrar as suas conquistas. Além do forró, um bom nordestino gosta de curtir um modão sertanejo para lembrar de suas bravuras.

Essas duas fortes marcas são incorporadas e destacadas na Festa da Integração Nordestina deste ano, que tem como tema “Mojuí dos Campos, berço de um povo forte, que valoriza a cultura e a tradição”.

Um pouco dos artistas

Léo Nascimento

Cantor Léo Nascimento, atração da segunda noite de festa. Foto: Reprodução

O cantor é natural de Porto Velho (RO) e se transformou no fenômeno da música sertaneja quando um vídeo despretensioso, em que toca e canta uma de suas composições românticas, foi visualizado milhões de vezes em alguns dias. De jeans, chinelo e camiseta, o artista aparece nas imagens sentado em uma calçada e impressiona com seu vozeirão. Menos de um mês depois, ele foi parar na televisão. Apadrinhado por Eduardo Costa lançou seu primeiro CD em 2015.

Seu salário passou de R$ 700 para um cachê mínimo de R$ 30 mil por show (que pode chegar a R$ 80 mil).

Em uma frase marcante Léo Nascimento, chama a música de vício. “A música é um vício. Quantas vezes disse que ia parar de cantar? Mas não consigo ficar uma semana sem ela”.

O sucesso veio assim, do nada, mas a luta de Léo por um espaço na música é antiga. Ou melhor, é de uma vida inteira. Leandro Berg (Leo Nascimento é nome artístico) começou a tocar violão aos sete anos de idade. Aos nove, já compunha. “Meu pai me conta que eu me interessei pelo violão com cinco anos de idade. Ele tocava violão, e minha mãe acordeon. É coisa de família.

Morávamos em um sítio, e, bem cedinho, a gente ligava o rádio e ouvia música sertaneja. Era uma paz, uma alegria.”

Sem medo de soar clichê, ele diz que sempre sonhou em mostrar seu talento para o Brasil e o mundo. “Se isso tivesse acontecido antes, Deus do Céu, seria uma alegria imensa”. No entanto, ele disputava espaço com centenas de artistas de Rondônia que partilhavam no mesmo sonho. Era impossível viver só disso. Em alguns fins de semana, conseguia espaço para tocar em bares por cerca de sete horas seguidas e cachê de R$ 150. Durante a semana, trabalhava como servente de pedreiro, função que lhe rendia R$ 700 por mês.

O cantor sertanejo Leo Nascimento depois do banho de loja

O dia em que tudo mudou começou igual aos outros. Leo foi para a obra, mas na saída do trabalho, por volta das 17h30, viu um violão pendurado em um boteco. “Eu não posso ver um violão que já peço para tocar, e aquele me chamou a atenção por ser pequenininho. Sentei no chão e comecei a tocar. Um amigo perguntou se podia filmar. Eu deixei, claro”,

No vídeo, Leo aparece bem à vontade, contando a história de um amor adolescente que acabou mal. Ele namorava uma menina escondido, mas a mãe descobriu e impediu o romance.A história inspirou a música chamada “Tatuagem”, cantada por ele em seguida. “O vídeo foi feito numa sexta. Na segunda, meu amigo disse que o vídeo tinha mais de 1 milhão de visualizações.”

Não demorou muito para que as emissoras de TV como Globo, Record e SBT o procurassem para entrevistas. O “Domingo Legal” (SBT) chegou primeiro e conseguiu exclusividade, pois logo assinou contrato com a emissora de Silvio Santos.

No início da carreira em uma parceria com seu padrinho Eduardo Costa, Léo Nascimento se apresentou em Boston, capital de Massachusetts, em Neark, cidade mais populosa do Estado de Nova Jérsei, em Atlanta, capital da Geórgia, todos nos Estsdos Unidos. Informações do site: https://m.som13.com.br/leo-nascimento/biografia

Alex Nogueira

Humorista Alex Nogueira no Programa Domingão do Faustão na TV Globo. Foto: Reprodução

Natural de Fortaleza, o humorista vem do estados que há tempos vem se destacando como o grande celeiro do humor brasileiro. Pra relembrar temos, Chico Anísio, Renato Aragão, Tom Cavalcante, Tiririca, Falcão e Mateus Ceará e outros.

Sem fugir da regra, nascia no cenário humorístico do estado mais um ator na arte de fazer sorrir, Alex Nogueira, um jovem que encontrava no sorriso e no dom de passar alegria às pessoas o seu sentido de vida. Aos 8 anos de idade este dom já se monstrava presente quando era alvo de brigas entre familiares e amigos para ter sua companhia nas férias escolares, pois o garoto já contava piadas e imitava pessoas e personagens como um verdadeiro profissional.
No colégio, durante sua adolescência, destacava-se comandando um programa de rádio que fazia o maior sucesso durante o recreio, pois ele imitava as vozes dos professores, dos coordenadores, dos alunos e, inclusive, suas respectivas personalidades. O lado profissional do humorista veio aos seus 17 anos, quando o mesmo foi cantar na noite, e alguns amigos e familiares que lá estavam pediam para que cantasse músicas imitando as vozes dos cantores e contasse piadas. Ele percebeu que estava agradando em demasia os presentes e assim começava o seu primeiro show humorístico.
Não demorou muito para surgirem vários convites para apresentações em diversos eventos, dentre eles, a campanha política pelo interior do Estado. As muitas apresentações por diversos locais e platéias de diversas linhas fizeram que o artista, cada vez mais, amadurecesse para saber enfrentar as diversificadas situações de improviso que um show humorístico exige. Seu destaque em shows lhe rendeu um convite para entrar no mercado de propaganda onde fez durante 4 meses a campanha de uma grande empresa no ramo de supermercados local, que apresentava vt’s semanais, onde ele, sempre com muito humor, na pele de um personagem criado para o produto, fazia um convite bem humorado para os seus clientes, tendo alcançado rapidamente o reconhecimento do público telespectador para tal campanha (recall).
Com o seu Show, interpretando de cara limpa, intercalado com imitações de personalidades, cantores nacionais e internacionais, contando piadas e causos vividos por personagens criados pelo próprio humorista, foi aí que então lhe rendeu no ano de 1998 o prêmio de humorista revelação do corrente ano, solidificando assim esta carreira promissora. Seu sucesso no vídeo lhe rendeu também um convite para apresentar um programa dominical de sorteio e entretenimento (ao vivo) sendo este um novo desafio facilmente domado pelo talento e carisma do artista com seu público. Devido a sua veia humorística, conseguiu implementar histórias de humor dentro do programa sorteio, tornando assim a maior audiência da TV Cearense.
Além da TV, ele já apresentou também dois programas na rádio FM Brasil Sat (101,7Mhz), no Sábado de 10:00 às 12:00 (Programa Poupa-Show) e no Domingo das 11:00 às 14:00 (programa 7+7 com Luciana Dias e Adriano Bahoud). Em 2003, o artista estréia o seu novo programa ao vivo na televisão cearense (TV Jangadeiro – SBT), com a certeza de mais um grande sucesso de crítica e audiência. O artista já se apresentou em diversos estados brasileiros mostrando sua arte, tais como: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Espirito Santo, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás, Paraná, Brasília, Tocantins, Acre, Amapá, Roraima, Pará, Amazonas, Rondônia, Pernambuco, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Bahia e etc.
No ano de 2005, o humorista solidificou o seu reconhecimento nacional através do Programa Show do Tom na rede Record de Televisão, ganhando, como prêmio do Festival de Piadas, uma viagem para os E.U.A., onde realizou show’s para comunidade brasileira. Devido ao grande sucesso, retornou para mais dez show’s nos anos de 2006 e 2007. Em 2008, se apresentou no Programa Domingão do Faustão, na Rede Globo, sendo o primeiro vencedor do quadro “Quem Chega Lá” e recebendo o título de “maior humorista do Brasil” na atualidade. Devido a esse sucesso, ele foi contratado pela Rede Globo, o que serviu para ratificar ainda mais sua carreira nacionalmente e internacionalmente.
No ano de 2015, estreiou o seu novo programa de humor cearense na TV Jangadeiro – Band, exibido às terças e quintas, a partir das 21h40 e aos sábados, às 13h. O programa “Só de H” reune nomes consagrados e revelações do humor cearense. Em uma bancada, estilo telejornal, Alex Nogueira, Rossicléia e Járdeson Cavalvante comentam fatos do nosso dia a dia, unindo um bom texto aos mungangos que vemos e vivemos na rua, na casa da família, no trabalho, na TV e em todo buraco. Reportagens engraçadas, vídeos, esquetes e muito bom humor são os ingredientes do programa. Informações do site: http://www.alexnogueira.com.br

Antes dos shows de Alex Nogueira e Léo Nascimento, o público vai poder curtir o Show da banda Redenção, o espetáculo teatral por um grupo local e a apresentação da Quadrilha Big Ben.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.