MUNICÍPIOS

Festas de fim de ano: decoração requer cuidado com a rede elétrica

A Equatorial Pará dá dicas de como evitar acidentes causados por enfeites piratas e instalações mal adequadas.

A aproximadamente um mês das comemorações tradicionais de fim de ano, é costume a procura por decorações natalinas para ornamentar condomínios, residências, imóveis comerciais, escolas e até hospitais. Por isso, a Equatorial Energia Pará faz um alerta no que se refere à segurança na hora de escolher e instalar equipamentos que podem causar acidentes graves e até fatais.

Só em 2019, segundo os dados do anuário estatístico de acidentes de origem elétrica da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), o Pará liderou o índice de acidentes fatais por choques elétricos na região norte do país, com 27 vítimas no total. No ranking nacional, o Estado ocupa o 10º lugar.

Ainda de acordo com o anuário da Abracopel, 90% dos acidentes com morte ocorreram em ambientes residenciais e uma estimativa feita pela Equatorial, a maioria dos casos se dá por falta de conhecimento, distração ou até descasos na hora do manuseio dos enfeites.

O executivo de Segurança da Equatorial Pará, comenta que a primeira atitude para evitar ocorrências desse tipo é chamar um profissional habilitado para fazer a revisão das instalações elétricas internas. “Não é raro de se ver situações de sobrecarga de energia em residências e prédios comerciais. Para solucionar o problema, é importante a presença de um técnico habilitado na hora de realizar as decorações. O dever do profissional é fazer uma revisão das instalações internas do imóvel a fim de evitar a utilização de ‘benjamins’ que interligam vários equipamentos, o que pode eliminar os perigos de acidentes e curtos-circuitos”, complementa.

Alex também ressalta a importância de utilizar produtos certificados nas ornamentações para garantir a segurança de todos. “Enfeites e artigos como cordões luminosos, mangueiras, pisca-piscas e os demais objetos decorativos devem ser de procedência e qualidade certificadas pelo selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para garantir a segurança de todos os brincantes. Em um ano de tantas tragédias, é importante ficarmos atentos às orientações para que possamos confraternizar com mais segurança”, finaliza.

Outros cuidados são essenciais:

  • As ligações desses enfeites devem ficar longe do alcance de crianças e de ornamentações como cortinas, tapetes ou móveis de MDF.
  • Artigos decorativos não devem ser instalados próximos aos postes ou fios da rede elétrica.
  • Em ambientes externos deve-se atentar para cercas, grades ou qualquer parte metálica.
  • Na hora da reutilização dos enfeites é importante conferir a integridade do condutor de energia (fio).
  • Emendas e conexões malfeitas devem ser evitadas ao máximo, pois os fios não devem ter seu isolamento (capa protetora) rompido ou conexões e emendas com folga.
  • Não deixe os fios no chão, onde há circulação de pessoas, veículos e animais.
Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.