MOJUÍ DOS CAMPOS POLÍTICA

Mojuí dos Campos: Abaixo – assinado virtual é feito em favor das linhas intermunicipais que beneficiam a zona rural do município

Um ônibus foi retido e outros foram proibidos de operar as linhas que operam por décadas.

Um abaixo – assinado virtual está ganhando novas adesões em um grupo de mensagens instantâneas (Whatsapp) desde a tarde desta quinta-feira (04) em Mojuí dos Campos no oeste paraense. De acordo com o texto do abaixo – assinado, que já conta com quase 50 assinaturas, esta é uma forma de repudiar as arbitrariedades cometidas contra as empresas que há décadas fazem o transporte intermunicipal de passageiros e cargas entre as comunidades do interior de Mojuí dos Campos e cidade de Santarém.

Circula nas redes sociais, informações de que os ônibus foram retidos ou proibidos de circular por estarem conduzindo passageiros do trecho operado pela empresa que faz a linha intermunicipal da Cidade de Mojuí dos Campos à Santarém. A informação não foi confirmada.

Os organizadores do abaixo – assinado esperam que o prefeito Jailson Alves e os Vereadores possam intervir, a fim de rever a medida, a qual chamam de arbitrariedade e que coloquem os transportes em circulação.

De acordo com que este Portal apurou, a Agência de Regulação e Controle dos Transportes Rodoviários e Aquaviários do Pará, ARCON, tem intensificado ações para retenção de veículos que prestam o serviço intermunicipal para as comunidades que não se adequaram as novas regulamentações, como condições para prestação do transporte misto (cargas e passageiros) e que os ônibus não podem ter mais de 10 anos em circulação. A sugestão é que o transporte misto seja operado em ônibus rodoviário.

Pra tentar resolver o impasse, uma equipe da Prefeitura deve estar reunindo nesta sexta-feira (05) com a ARCON.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.