MOJUÍ DOS CAMPOS

Mojuí dos Campos: Aterro da Barragem do Piranha deve ser concluído e trecho liberado até este domingo

Parte da barragem desmoronou no dia 25 do mês passado fechando um dos principais acessos do PA Moju a BR 163.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

A recomposição do aterro da barragem do Piranha deve ser concluída neste domingo (14). O trabalho está sendo feito para reestabelecer o tráfego sobre a barragem que desabou no dia 25 do mês passado e cortou um dos principais acessos ao Projeto de Assentamento – PA Moju I e II em Mojuí dos Campos, no oeste paraense. A expectativa é liberar o trecho para o tráfego ainda no domingo.

Máquina da Prefeitura fazendo a recomposição do aterro da barragem do Piranha. Foto: Redes sociais.

O trabalho está sendo feito pela Prefeitura que fez a avaliação dos danos e inicialmente planejou a construção de uma ponte de madeira sobre a abertura na barragem. O Portal Mojuí na Íntegra apurou que com o início dos trabalhos, a comporta da lateral da barragem foi destravada e a água da represa passou a escorrer normalmente, o que levou a equipe fechar a abertura com aterro.

A barragem foi construída em 2005, no igarapé do Piranha para implantação de um Micro Central Hidrelétrica que gerava energia para as comunidades próximas e se tornou uma das principais vias de ligação ao assentamento pelo Travessão do KM 101 da BR 163 (Santarém/Cuiabá), o que continuou, mesmo após a desativação da Micro Central. Os trabalhos de manutenção e limpeza das galerias deixaram de ser feitos e o volume de água aumentou na represa, levando a infiltração no aterro e causou o desmoronamento.

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.