MOJUÍ DOS CAMPOS POLÍTICA SOCIAL

Mojuí dos Campos: Comissão reúni com distribuidora de energia para apresentar demandas do PA Moju

Reunião foi proveitosa e solicitações devem ser atendidas em até 30 dias.

Comissão de diretores do STTR, Representante do PA Moju e gerentes da distribuidora de energia. Arquivos do STTR.

Uma comissão liderada por diretores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares – STTR de Mojuí dos Campos esteve reunida na manhã da última terça-feira (03) com representantes da distribuidora de energia na região. A reunião ocorreu em Santarém.

A pauta da comissão estava voltada para a região do Projeto de Assentamento PA Moju I e II e apresentou  as seguintes demandas:

Iluminação pública das comunidades, Energia Rural para irrigação, Transferência de Domicílios de Placas para Mojuí dos Campos e a constate falta de energia.

Valdir Oliveira, presidente do STTR e integrante da comissão relatou a reportagem, resultados do encontro. Valdir avaliou como produtiva a reunião e disse que com relação a troca de domicílio ficou acertado que a comissão entregue um mapa da região pertencente a Mojuí dos Campos e cópias de  faturas dos domicílios à distribuidora para que a empresa tome conhecimento da demanda. No PA Moju, em comunidades pertecentes a Mojuí dos Campos, famílias tem em sua fatura Placas como município de oriegem. “A gerência da Equatorial pediu um mapa da região e a cópia dos talões de luz dos domicílio que precisam fazer a transferência, então a gente vai levar um mapa detalhado do município”, garantiu Valdir.

Valdir Oliveira, presidente do STTR de Mojuí dos Campos. Foto: Arnaldo Santos.

Já com relação a constante falta de energia no Assentamento, Valdir disse que ficou acertado que a distribuidora vai enviar uma equipe à região para fazer levantamento “in loco” das redes nas entradas dos ramais do km 101, km 119, km 124 e km135. Esse levantamento é para descobrir os possíveis problemas que causam a falta de energia e as respostas sobre o que fazer devem ser dadas em até 30 dias.

Algumas comunidades do PA Moju ainda não foram contempladas com eletrificação rural e de acordo com Valdir, na distribuidora de energia não existe nenhum cronograma para beneficiar a região.

A inclusão das comunidades no Luz para Todos dependem de aprovação do Comitê Gestor do programa no Pará, mas sem uma organização e os pontos dos domicílios solicitantes fica difícil prosseguir com o pedido. “O sindicato tem corrido atrás, mas o maior problema são os pontos de gps e o sindicato não tem condições financeiras para arcar com as despesas, precisamos de parcerias”, destacou o sindicalista.

Se conseguir os pontos dos domicílios, Valdir aposta na articulação junto a Fetagri para que o município seja contemplado.

Em Mojuí dos Campos, além de comunidades do PA Moju, comunidades do entorno do lago da barragem de Curuá-Una ainda não foram beneficiadas pelo Luz Para Todos.

Com entrevista de Arnaldo Santos – Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.