MOJUÍ DOS CAMPOS POLÍTICA

Mojuí dos Campos: Eletrificação rural é pauta de comitiva de políticos do município na capital do estado

Comunidades atingidas pelo lago da barragem de curuá-una estão há mais de 40 anos sem enegia.

Comitiva de prefeitone vereadores de Mojuí dos Campos com Álvaro Bressan, gerente da Equatorial Energia Pará.

Eletrificação rural foi pauta de uma reunião na manhã desta terça-feira (17) em Belém entre a gerência da Equatorial Energia Pará e uma comitiva de políticos de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará. A comitiva é liderada pelo prefeito Jailson Alves, que está acompanhado na capital de 05 vereadores (Beto Farinha, Izailton, Teté, Arnaldo e Jesa).

Na reuniãos os políticos cobraram a inserção de regiões do município nas próximas etapas do Programa Luz Para Todos.

Álvaro Bressan, gerente da empresa, mostrou que vai estar tomando providências sobre as demandas apresentadas.

Em Mojuí dos Campos, duas regiões ainda não foram atendidas pelo Programa do Governo Federal. O mais grave é o caso de comunidades que ficam às margens do Lago da Barragem de Curuá-Una. Na região do Assentamento PA Moju I e II comunidades de recém-assentados esperam pelo benefício de eletrificação rural.

A eletrificação rural é por meio do Programa Luz Para Todos do Governo Federal, que em cada estado tem um Comitê Gestor, formado por representantes de governos e da sociedade civil organizada. Os municípios devem cobrar junto a esse comitê a inserção de regiões que ainda não foram contempladas.

Integrante da comitiva, o vereador Beto Farinha disse esperar que providências quanto a essas sejam tomadas e o acesso a energia seja resolvido.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.