EDUCAÇÃO MOJUÍ DOS CAMPOS

Mojuí dos Campos: Escola realiza caminhada ecológica pelas ruas do bairro Cidade Alta 2

Alunos do 4° e 5° ano da Escola Municipal Francisco Chagas Lima do bairro Cidade Alta 2 em Mojuí dos Campos realizaram na manhã desta sexta-feira (18) a I Caminhada Ecológica. A atividade faz parte do Projeto Amazônia berço da vida que o educandário vem desenvolvendo desde o início do ano.

Alunos na caminhada coletando lixos. Foto: Arnaldo Santos

O início da Caminhada foi no balneário Beira Rio. O balneário tem sofrido com o assoreamento causado por obras de tapa-buracos no início da Rua Ypiranga. A terra utilizada nessa obra acaba sendo levada para o leito do Igarapé.

Alunos no balneário Beira Rio, ponto de partida da caminhada. Foto: Arnaldo Santos

Do Beira-Rio, alunos e professores seguiram pelas ruas do bairro em direção a escola, coletando lixo e panfletando nas residências. Os panfletos, de papel reciclado confeccionado pelos próprios alunos, chamaram a atenção da comunidade para a importância de preservar o meio ambiente  e dos problemas locais como assoreamento do igarapé, destruição da mata ciliar e lixos nas ruas.

Aluna Elaine, do 5° Ano, entregando panfleto a uma moradora do bairro. Foto: Aurélia Galúcio.

Os alunos foram coordenados pelo pedagogo da escola, Jadson Gomes e pelas professoras Aurélia Galúcio e Cleonice.

Coordenadores da Caminhada: Prof. Aurélia Galúcio, pedagogo Jadson Gomes e Prof. Cleonice. Foto: Arnaldo Santos.

A caminhada foi acompanhada pelo Secretário de Meio Ambiente, Yago Stouco. O secretário contribuiu com uma palestra aos alunos sobre o meio ambiente.

O projeto Amazônia berço da vida vai ter a culminância das atividades desenvolvidas durante a mostra pedagógica que vai ocorrer no dia 22 de novembro.

Com a colaboração da Professora Aurélia Galúcio e do Repórter Arnaldo Santos – Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.