MOJUÍ DOS CAMPOS POLÍTICA

Mojuí dos Campos: Município recebe pouco mais de 11 mil de 16 milhões de IPVA repassado às prefeituras

O município de Mojuí dos Campos no oeste paraense recebeu a importância de R$ 11.763,70 (onze mil, setecentos e setenta e três reais e setenta centavos) equivalente à sua parte como município arrecadador do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotor -IPVA.

O valor é referente ao período entre 1° e 31 de dezembro de 2019 e foi liberado no último dia 20 deste mês, conforme portaria publicada no Diário Oficial do Estado – DOE.

Ao todo, o estado liberou mais de 16 milhões de reais às prefeituras. A capital, Belém, levou mais de 4 milhões do valor. No oeste pararense, as maiores beneficiadas foram, Santarém que recebeu R$757.709,70 (setecentos e cinquenta e sete mil, setecentos e nove reais e setenta centavos), Itaituba que recebeu R$ 366.477,33 (trezentos e sessenta e seis mil, quatrocentos e setenta e sete reais e trinta e três centavos) e Novo Progresso R$ 160.276,97 (cento e sessenta mil, duzentos e setenta e seis reais e noventa e sete centavos) . Belterra foi beneficiada com R$ 13.057,71 (treze mil, cinquenta e sete reais e setenta e um centavos).

Os municípios que menos beneficiados foram: Faro que recebeu R$ 337,41 (trezentos e trinta e sete reais e quarenta e um centavos); Aveiro que recebeu R$ 454,36 (quatrocentos e cinquenta e quatro reais e trinta eseis centavos) ; Curuá que recebeu R$1.240,02 (Um mil, duzentos e quarenta reais e dois centavos); Prainha que recebeu R$ 3.530,41(três mil, quinhentos e trinta reais e quarenta e um centavos) e Terra Santa que recebeu R$ 4.660,18 (quatro mil, seiscentos e sessenta reais e dezoito centavos).

Por lei, 50% do IPVA arrecadado é destinado para o município onde o veículo é registrado e a outra metade vai para a unidade federativa do município, neste caso, para o estado do Pará.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.