MOJUÍ DOS CAMPOS RELIGIÃO

Mojuí dos Campos: No interior, devotos realizam caminhada para simbolizar o Círio de Nossa Senhora da Conceição

Manhã de domingo, 24 de novembro de 2019. As atenções do povo católico do Oeste do Pará estão voltadas para o Círio de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Arquidiocese de Santarém. Mas, em Baixa da Onça, pequena comunidade rural de Mojuí dos Campos, fiéis católicos, devotos de Nossa Senhora, se reuniram em uma caminhada simbólica ao ato de fé que ocorre simultaneamente na Pérola do Tapajós. O vilarejo de Baixa da Onça, que fica na PA 433 e que realiza há 35 anos uma caminhada de mais de 50 km à Nossa Senhora, mas uma vez entra para a história por realizar na própria comunidade essa caminhada no dia do Círio.

Devotos em caminhada simbólica ao grande Círio da Conceição. Foto: Ivana Teixeira

De acordo com Ivana Teixeira, o trecho é de apenas 1 km, que vai da residência de uma moradora à igrejinha local. O objetivo é reunir fiéis impossibilitados de participarem do grande Círio em Santarém. “Devido não termos condições de ir até Santarém para acompanhar o Cirio de lá, realizamos essa caminhada aqui”, descreveu Ivana.

Os preparativos para a Caminhada começaram com visitas e convites aos moradores, tarefa realizada por membros da equipe catequética local.

Pela estrada de chão, os devotos cantaram e rezaram o terço e pediram as bençãos da santa padroeira para sua comunidade, para suas plantações e para sua saúde.

Carro que transportou Nossa Senhora da Conceição e Dona Maria Nascimento. Foto: Ivana Teixeira

E de baixo do forte calor que os devotos enfrentaram com entusiasmo, um exemplo de fé veio de dona Maria do Nascimento Ferreira, que mesmo com seus 92 anos e impossibilitada de andar por estar se recuperando de um AVC, participou ativamente da caminhada. Sem poder andar, dona Maria precisou de uma condução e ela veio, trazido por sua neta, Adriana Chagas, que deixou o Círio oficial em Santarém para estar junto daqueles poucos fiéis que mostram a força de sua fé. Adriana veio dar sua parcela de colaboração.

Dona Maria Nascimento, 92 anos, exemplo de devoção e fé. Foto: Ivana Teixeira

Quem também não pode ir a Santarém, mas mostrou sua fé e pagou sua promessa, foi Dona Maria Muniz, uma senhora com mais de 70 anos que não ligou para as piçarras da estrada e fez o percurso descalça.  Pra quem já enfrentou tantos desafios e já derrubou tantas barreiras, umas pedras a mais só provam que está preparada para a caminhada da vida.

Dona Maria Muniz, fez o trajeto descalça.

Crianças, jovens, adultos e idosos mostraram nesta manhã, da forma mais simples, mostraram que não importa a distância, nem as cirunstâncias, o importante é a fé.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.