MOJUÍ DOS CAMPOS SAÚDE

Mojuí dos Campos: Rompimento da Barragem do Piranha bloquea um dos acessos ao PA Moju

Moradores das proximidades já vinham alertando para o risco de desmoronamento da barragem, há mais de um mês.

Trecho abaixo onde estava instalada a turbina da MCH é tomado pelas águas. Reprodução grupo de Whatsapp.

A barragem do Piranha se rompeu na madrugada desta segunda-feira (25). A informação foi confirmada em vídeos feitos por moradores das proximidades pela parte da manhã. Construída em 2005 para abrigar a Micro Central Hidrelétrica da região do PA Moju I e II, a barragem apresentava riscos de rompimento com o aumento do volume de água na represa e grande quantidade de resíduos (galhos e troncos de árvores) na entrada da galeria.

A barragem se tornou principal ligação entre o assentamento e o travessão do Km 101 da BR 163 ( Santarém-Cuiabá). No mês passado, nossa reportagem esteve no local e mostrou a preocupação do líder comunitário, Francisco Simplício, Fininho. A equipe verificou que, com a dificuldade de escoar pela galeria, a água estava infiltrando o aterro da barragem.

Além de bloqueiar o acesso a assentamento pelo travessão do KM 101, o rompimento da barragem vai causar a seca do lago darepresa e o aumento do volume de água no rio Moju e pode afetar a ponte esse rio. O igarapé do Piranha, onde está localizado a barragem é afluente do rio Moju.

Ponte do rio Moju, há 500 metros da barragem, pode ser afetada pelo desmoronamento. A água ficou amarelada. Reprodução de grupos de Whatsapp.

Em mensagem a este Portal, o prefeito de Mojuí dos Campos, Jailson Alves, garantiu que uma equipe de engenheiros esteve hoje no local para checar in loco e amanhã vai uma equipe vai ser enviada, para iniciar os trabalhos. “Sim…muita chuva/equipe de engenheiros vão hoje checar in loco e amanhã vai equipe para lá…”, escreveu o prefeito.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.