ESPORTES MOJUÍ DOS CAMPOS MUNICÍPIOS

Mojuí dos Campos: Seleção feminina faz um gol, mas perde e se despede da Copa Oeste do Pará

A seleção feminina de Mojuí dos Campos deu adeus a Copa Oeste do Pará de 2020 na última quarta-feira (15). A despedida veio no jogo extra (oitavas de finais) contra a seleção de Trairão. Mesmo com três derrotas na fase de grupo, a seleção disputava uma vaga às quartas de finais da competição. Trairão e Mojuí dos Campos, eram do grupo e ficaram em 2° e 3° colocados com 1 e 0 ponto, respectivamente.

Momento da cobrança de pênalti desperdiçada pela equipe de Mojuí dos Campos. Foto: Eduardo Enrique.

Mojuí dos Campos entrou em campo precisando vencer, para se manter na competição, objetivo não alcançado nos três primeiros jogos. Mas dessa vez era tudo ou nada, vencer ou vencer. O empate favorecia o selecionado de Trairão. Sob um sol ameno, a guerreiras não iniciaram bem e levaram dois gols antes dos 20 minutos de jogo. E parece que ninguém mais acreditava em reviravolta, afinal precisaria fazer três gols agora e de repente numa arrancada da atacante mojuiense que é derrubada na área voltou a esperança, o árbitro marcou pênalti.

Diminuir o placar era tudo que o time precisava para se recompor. Expectativas, juiz autorizou e a atacante Delvane (9) partiu pra bola e isolou. Tristeza em campo novamente. Conseguiram segurar o placar até o fim do 1° tempo.

Intervalo de jogo, chegou a água e aquela conversa motivadora das atletas que estavam no banco e orientações do treinador.

Iniciou o 2° tempo e o time partiu pra cima. Hora de se arriscar e tentar fazer os gols. Disputas de bolas, criações de jogadas, lançamentos, chutes ao gol. Disse o comentarista: o time acordou. O time lutou e conseguiu numa belíssima jogada fazer o 1° gol da equipe na competição. Infelizmente foi o gol de honra no jogo, por que logo o árbitro trilou o apito e encerrou a partida.

Final de jogo Trairão 2 x 1 Mojuí dos Campos e desclassificada.

Detalhes da participação mojuiense na Copa: 04 jogos, 1 gol e nenhuma vitória, mas a lição da força de vontade das mulheres que levaram na garra o nome do município em uma competição regional.

Que a mensagem seja entendida e que as mulheres do futebol sejam ouvidas e valorizadas com a realização de competições que estimulem e façam aparecer talentosas atletas para se juntar a essas guerreiras que se esforçam dentro de suas limitações para sobreviver no futebol que ainda é visto como um esporte para homens.

O futebol feminino precisa de mais atenção do Poder Público.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br