MOJUÍ DOS CAMPOS MUNICÍPIOS ORGANIZAÇÃO SOCIAL

Mojuí dos Campos: Sucessão rural é discutida em Seminário da Juventude

O assunto sucessão rural tem ganhado destaque nos últimos anos, sobretudo entre as famílias de agricultores familiares de nossa região. A preocupação é de quem vai, num futuro próximo, produzir os alimentos para os habitantes da zona urbana.

Seminário da Juventude Rural no STTR de Mojuí dos Campos. Foto: Arnaldo Santos

O tema foi debatido no Seminário Municipal da Juventude Rural, realizado no dia 26 do mês passado na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares –  STTR de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará.

O Seminário é iniciativa dos STTRs de Alenquer, Belterra, Mojuí dos Campos e Santarém.

O envelhecimento da população de agricultores e a saída da juventude rural para os grandes centros em busca de um trabalho formal é vista como preocupante, principalmente com o esvaziamento do campo e a diminuição da produção da agricultura familiar.

Para o presidente do STTR de Mojuí dos Campos, Valdir Oliveira, o trabalho na agricultura é um trabalho dígno, como qualquer profissão. É preciso que os jovens compreendam a importância desse trabalho, inclusive para os moradores da cidade que precisam de produtos que venham do campo.

Valdir Oliveira, Presidente do STTR de Mojuí dos Campos. Foto: Arnaldo Santos

“Se não for assim, não vai ter ninguém produzindo na zona rural, e o que será dos urbanos que precisam de produtos da agricultura?”, questionou Valdir.

Francinaldo Miranda, Secretário Geral do STTR de Santarém, destacou a importância da plenária para tratar de um assunto tão urgente. Francinaldo disse que a discussão está voltada para as políticas públicas que incentivem a permanência do jovem no campo. Francinaldo comentou que o jovem precisa de informações sobre as políticas públicas. Tais políticas, uma vez acessadas garantem qualidade de vida ao agricultor. “Hoje temos políticas públicas para a juventude rural, ela precisa conhecer para acessar e se tornar protagonista da história”, lembrou Francinaldo.

Francinaldo Miranda, Secretário Geral do STTR de Santarém. Foto: Arnaldo Santos

A formação profissional tem sido uma forma encontrada pelos jovens para acessar o mercado de trabalho. E com isso vem a busca por empregos e consequentemente o abandono da zona rural. Na visão do jovem Euviscley de Vista Alegre do Moju, a geração de conhecimento é importante, mas precisa-se pensar em que vai produzir o alimento essencial para a população. Euviscley destacou o cultivo de hortaliças, frutas e legumes como essenciais para a alimentação do cidadão. “Todo conhecimento é importante, mas não podemos abandonar nossas comunidades e deixar de produzir, por que nossos pais estão indo e quem vai produzir?”, questionou o jovem.

Euviscley, jovem da comunidade Vista Alegre do Moju. Foto: Arnaldo Santos

O seminário em Mojuí dos Campos foi o último dos quatro municípios envolvidos. Ainda este mês vai haver um grande encontro em Santarém para socializar as ideias. Já está programado um ato denominado Grito da Juventude Rural, para chamar a atenção dos poderes públicos na implementação de políticas públicas para essa parcela da população.

Com entrevista de Arnaldo Santos – Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.