MOJUÍ DOS CAMPOS

Mojuí dos Campos: Trabalhos em ponte no Igarapé do Onça ainda não foram concluídos. SEMMA vistoria e faz recomendações

Ponte foi construída pela cooperação de produtores rurais da região, e foi liberada para o tráfego devido o período da colheita de grãos.

Com as chuvas o barro é levado para o leito do igarapé e deixa a água esbranquiçada. Reprodução de vídeo.

A ponte sobre o igarapé do Onça, em comunidade de mesmo nome, há 25 km da cidade de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará, ganhou destaque na última segunda-feira (06) quando um vídeo foi publicado em grupos de Whatsapp do município. O vídeo foi produzido por um morador mostrando a situação que ficou o igarapé após o trabalho de melhoria da ponte.

No vídeo, o morador diz que o trabalho da ponte é de responsabilidade da Prefeitura, informação desmentida pelo presidente da Câmara Municipal, Arnaldo Galvão, que mora na região.

De acordo com Galvão, a ponte foi construída com a cooperação de produtores de grãos da região, que custeou o pagamento da mão de obra. A madeira usada na obra deve ser custeada pela Prefeitura.

Durante  a tarde a Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA, fez vistoria no local e observou que faltam realizar serviços de acabamentos, como aumento da ‘saia’ da ponte para a contenção de materiais e recolhimento de entulhos da obra.

Mesmo sem a conclusão, a ponte foi liberada para o tráfego para o escoamento da produção e a circulação de pessoas entre as comunidades.

Com os trabalhos não concluídos e as fortes chuvas dos últimos dias, o barro acaba sendo levado para o leito do igarapé causando o amarelamento da água e pode causar o assoreamento do mesmo.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.