MOJUÍ DOS CAMPOS POLÍTICA SAÚDE

População não comparece a prestação de contas da SEMSA

Participantes em foto no fim da audiência. Foto: Eduardo Enrique

O edital convocou a população geral de Mojuí dos Campos, mas a apresentação da prestação de contas dos serviços de Saúde prestados em 2018, foi para apenas alguns servidores da Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA,  04 vereadores, alguns representantes da sociedade civil organizada que fazem parte do Conselho Municipal de Saúde – CMS, vice-prefeito e os secretários de Meio Ambiente, Yago Estouco e de Mobilidade e Trânsito Antônio Aguiar.

A Secretária de Saúde, Adeliane Frota, lamentou a ausência da população. Para a Secretária era importante a população estar presente e acompanhar tudo o que foi realizado durante o ano de 2018.

“O nosso público seria a população que faz o uso dos serviços da Secretaria de Saúde, infelizmente esse público não veio”, lamentou a Secretaria.

A reportagem questionou a Secretária sobre a obra de reforma e ampliação do Hospital Municipal e como resposta recebeu que foi explicado sobre a situação que se encontra a obra. Durante a exposição, foi esclarecido que houve atraso no repasse do recurso, mas atualmente há uma equipe da empresa contratada prosseguindo os trabalhos e que o o governo Municipal busca apoio junto ao governo estadual para conclusão e colocar em funcionamento. A obra este ano completa 05 anos.

Outro explicação da Secretária foi sobre a mudança de categoria da Unidade de Saúde de Vista do Moju, que deixa de ser unidade tradicional e passa a ser unidade. De acordo com Adeliane a região ganha com a mudança, principalmente no aumento de profissionais que devem passar a atender.

Na última semana nossa reportagem recebeu a reclamação sobre a falta de ambulância na Unidade de Saúde de Igarapé do Piranha no Assentamento PA Moju 1 e 2. A Secretária informou que houve um problema e a ambulância precisou passar por manutenção, mas que na última quinta-feira  (21) a mesma retornou para a comunidade.

Sobre a ausência da população na audiência a reportagem questionou o Valdir Oliveira, presidente do Conselho Municipal de Saúde. Valdir também lamentou e disse que tanto secretaria como o Conselho tiveram suas parcelas de culpas na mobilização. “Infelizmente houve uma falha grave tanto da Secretaria, quanto do Conselho e a população não foi convidada e aí deu apenas, alguns servidores, conselheiros e vereadores”, minimizou Valdir.

O Conselheiro informou que a prestação deve ser submetida ao Conselho, onde terá uma avaliação mais detalhada de cada item apresentado.

Por Eduardo Enrique/Portal Mojuí na Íntegra

 

 

Mojuí na Íntegra
Jornalismo Cidadão, Mídia Ativismo e Comunicação Popular
https://www.mojuinaintegra.com.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.